Atualização do Guia da urca

Desde o lançamento da última edição do Guia de Escaladas da Urca, estamos recebendo emails com atualizações. São vias novas, trocas de grampos, correções e sugestões. As atualizações da edição atual do Guia da Urca estão disponíveis abaixo. Aproveitamos e lhe convidamos a fazer comentários sobre qualquer uma das vias do livro ou nos informar sobre novas vias. Você pode dar dicas, sugerir a graduação, comentar sobre a situação dos grampos, sobre a descida, nos informar sobre algum dado impreciso ou incorreto, enfim, o que você achar relevante para melhorarmos os croquis. Entre em contato conosco e dê sua opinião. Ela será útil para as próximas edições.

Pão de Açúcar – face oeste

1) Sugestão de equipo móvel para a via Ilegal Legal: Flavio Daflon e Victor Barria repetiram a via Ilegal legal e sugeriram a utilização do seguinte equipo móvel: camalots .3, .4, 2x .5, .75, 1, 2x 2, 3 e mais dois micro-friends. Segundo eles os camalots 4 e 5 não são necessários, podem ser substituídos por peças menores. Segundo eles ainda, ela pode ser facilmente escalada em uma única enfiada. Veja o croqui feito por Arthur Esteves e Felipe Frai.

2) Croqui da via Cepi escalada em livre.

3) Via dos Italianos: agora praticamente todos os grampos da Italianos (enfiadas de 1 a 3 no croqui do livro) foram trocados por chapeletas Fixe. A segunda parada trocou de local, está agora um lance acima, onde é mais confortável parar. (15.07.2019). No trecho da Secundo (enfiadas 5 a 9) os grampos de inox foram trocados por chapeletas inox Bonier. (01.08.2019)

Pão de Açúcar – face sul

1) Tetos: croquis das vias Ela Disse Adeus e o Pino do Contra Pino

2) Tetos: croqui da via Arranca-Toco

3) Croquis da Falésia da Árvore: vias Show de Calouros e Os Inocentes

4) Totem: Croqui da Urubu à Vista.

 

Morro da Babilônia

1) Croqui e fotos das vias Cidade do Sol e Menos Um no Orfanato

2) Croqui da via Saci-Pererê

Falésias e boulders

1) Croquis: Ácido Lático, Entre Ácidos e Ácido Fórmico.

 

Atenção:

Algumas vias da Urca possuem grampos de aço inox. Já é notório o caso de dois destes grampos que partiram estando ao lado do mar. Chapeletas de aço inox também se partiram a beira-mar em outras partes do mundo. Mesmo em vias afastadas do mar, a recomendação é que uma cordada nunca deve depender exclusivamente da segurança de apenas 1 (um) grampo inox, por exemplo no caso de rapel ou numa parada. Aliás, qualquer proteção fixa é duvidosa, deve-se pensar sempre num backup. Para sua segurança é vital o escalador saber identificar visualmente um grampo de aço inox. Há um artigo no site da Femerj sobre a substituição de grampos inox por titânio, veja aqui.

Algumas vias da Urca que possuem grampos de aço inox estão listadas a seguir: Secundo (inclusive no trecho após a Italianos), Chaminé Stop, Lagartão, Salomith, Roda Viva, Diedro Phoenix, entre outras. Vale enfatizar que esta lista não reúne todas as vias com grampos inox, há outras.

Nos siga nas redes

Entre em contato