Croqui Os Impermeáveis

A2+ D6 – Dedo de Deus – PNSO – Teresópolis – RJ

os-impermeaveis

Comentário 1: Agora em agosto, nos dias 28, 29 e 30, Júlio Campanela e Flavio Daflon repetiram o big wall do Dedo de Deus, a via Os Impermeáveis. No primeiro dia, fizeram a caminhada até o bivaque nas proximidades da base e entraram na parede. Fizeram as duas primeiras enfiadas e metade da terceira, fixando cordas e voltando para dormir no bivaque. No segundo dia apesar de terem madrugado chegaram no platô da sexta enfiada já de noite. Esse platô é perfeito para o bivaque de dois escaladores. Subiram sem deixar nada para trás já que queriam sair pelo cume. No terceiro dia chegam ao cume um pouco antes do anoitecer e como seria difícil pegar um ônibus de volta para o Rio naquele mesmo dia, decidem pernoitar no cume. Os dois acharam a escalada mais trabalhosa e difícil do que o croqui dava a parecer, tanto que fizeram um novo croqui com mais detalhes. A terceira e sétima enfiadas são as mais difíceis e longas, 50 metros de artificial bem variado, friends, stoppers, cliffs em agarras, coperheads, pitons e parafusos. A sexta enfiada fizeram a noite, com lances em livre e cliffs em agarras e buracos. Na sétima enfiada encontraram a parada com apenas uma chapeleta, a outra havia sumido, só havia o parabolt! A nona e última enfiada também deu trabalho. Uma travessia e um domínio em livre com a chapeleta longe e um artificial de piton. Os Impermeáveis é uma conquista de Luis Cláudio Pita, Alexandre Portela, Juan Kempen e Nello Aún e a primeira repetição ficou a cargo de Daniel Bonela e Eduardo Barão.

Veja algumas fotos desta escalada.

Conheça os guias de escalada à venda na livraria da Companhia da Escalada. Pode haver um guia da área em que você deseja escalar. Enviamos para todo o Brasil.